Lojas Americanas Celulares

Alphabet usará feixes de luz para criar conexão de até 20 gigabits por segundo na Índia

Mercado Livre 16 Dez 2017



Depois de noticiar que o Project Loon já fornece internet para 100 mil pessoas em Porto Rico, a Alphabet, empresa mãe do Google, anunciou na quinta-feira que o governo indiano comprará sua tecnologia recém-desenvolvida que pode fornecer internet sem fio de alta velocidade para milhões de pessoas. Este acordo é uma consequência do Projeto Loon, que chegou à Índia no início de 2016. O problema é que essa conexão, levada aos usuários através de balões, é destinada a áreas rurais com baixa densidade populacional, enquanto a Alphabet pretende ampliar muito mais o acesso no país. A companhia considera que aumentar a acessibilidade da internet nos países em desenvolvimento é crucial para manter seus negócios em rápido crescimento. Desse modo, o plano da X, a divisão da Alphabet responsável por esses projetos, planeja implantar uma tecnologia conhecida como FSOC (comunicações ópticas em espaço livre) - um sistema de comunicação que funciona através de lasers e receptores ópticos substituindo a fibra óptica convencional pelo próprio ar livre como meio de transmissão de dados, voz e imagens.

Esta tecnologia utiliza feixes de luz emitidos por um laser para estabelecer comunicação com um receptor óptico devidamente alinhado, a uma velocidade de até 20 gigabits por segundo. Haveria largura de banda suficiente para que milhares de pessoas navegassem na Web simultaneamente através da mesma torre de celular, de acordo com a X. Embora a tecnologia seja eficaz para levar o acesso onde a tecnologia convencional é mais difícil e cara, a conexão pode ter problemas devido ao mau tempo ou com desalinhamento entre as caixas. Isso pode ser resolvido com a "ajudinha" da X. Os termos do acordo não foram revelados, mas ele deve começar no próximo ano, levando 2.000 caixas instaladas com 20 quilômetros de distância uma da outra, em postos e telhados para levar ligação rápida à internet para áreas povoadas. Desse modo, espera-se que esse links possam “preencher lacunas críticas nos principais pontos de acesso, como celulares e hotspots Wi-Fi”, de acordo com a X.

Celulares BR © Copyright 2017 - 2018, Todos os direitos reservados